Um Breve Testemunho

Posted: segunda-feira, 23 de maio de 2011 by Daniel Mochileiro in
7



Hoje começa mais um dia impagável. Um dia inegociável. O dia que pregarei bravamente o evangelho de Jesus Cristo.

Após uma tarde de chuva, a noite se segue fria e ventilada. Hoje é quarta-feira e não se vê muita gente nas ruas. O frio esconde as crianças que habitam na selva de pedra. Mas, em algum lugar da Grande Recife, curiosamente em frente a uma grande igreja, estavam alguns homens e poucas mulheres encostados-se à parede como se aliviasse o frio da noite.

Chegamos em grupo e logo os abordamos com simples sorriso. É impressionante o que um sorriso pode fazer. Dividimos-nos e nos relacionamos com cada um deles. Alguns dos missionários sentaram na calçada para olhar bem nos olhos daqueles pobres homens. Antes que eu fizesse o mesmo, um rapaz bem consciente, alto e moreno, sem camiseta numa noite fria, barba mal aparada e cabelo bagunçado veio em minha direção com as mãos estendidas como alguém que quisesse puxar conversa.

Bem humorado e conversador, seu nome era Fábio Junior. Brinquei dizendo que era nome de artista. Ele veio nos pedir ajuda porque perdera todos os documentos. Ele é casado, deve ter uns quarenta e poucos anos, trabalha todos os dias catando sucata em seu carro puxado a mão. Mas não pode provar nada disso, nem um documento para registrar a sua vida. Então comecei falando que o governo tem algumas ações sociais que disponibilizam certidões de nascimento e de casamento, RG’s, CPF’s e etc. Prometi que quando saísse à data no Site eu voltaria e avisaria o local e o dia dessas ações. Mas usei esse assunto para pregar sobre identidade diante de Deus.

Perante a sociedade Fabio Junior não era ninguém. Não tinha casa, carro, emprego de carteira assinada, as poucas coisas que ele é ou que faz não poderiam provar. Mas lembrei a Fabio que diante de Deus ele é alguém lembrado, respeitado e amado. Então, ele fechou os olhos, balançou a cabeça bem rápido com uma concordância, levantou o seu dedo indicador para cima e cantarolou uma canção:

“Quero que valorize o que você tem,
Você é um ser, você é algu
ém
Tão importante para Deus
Nada de fica sofrendo angúst
ia e dor
Neste seu complexo inferior
Dizendo Às vezes que não é ninguém

Eu venho falar do valor que você tem

Ele está em você
O Espírito Santo se move em você
Até com gemidos
Inexprimíveis
Daí você pode então perceber
Que pra Ele há algo importante em você
Por isso levante e cante
Exalte ao Senhor

Você tem valor
O Espírito Santo se move em você “

Percebi que aquele homem conhecia em sua canção desafinada, um Deus que o ama e que esta com ele. Perguntei ao rapaz se já freqüentou alguma igreja. E para o meu espanto ele disse que sim, que adorava ficar em silencio para ouvir o pastor pregar numa pequena igrejinha na cidade Olinda. E, nostalgicamente Fabio Junior fechou os olhos novamente e cantou várias canções da Harpa como se quisesse fazer daquele momento, naquela calçada um culto ao Senhor daqueles que ele nunca mais tinha ido.

E fui espantado com um impetuoso vento e achei que iria me levar junto. Abri os braços e fingi ser levado pela ventania. Outro missionário entrou na brincadeira e me puxou com uma corda imaginária. Mais uma vez surgiu uma grande idéia. Usei a brincadeira para ilustrar que os ventos da vida nos puxam para algum lugar longe de Deus, e às vezes abrimos os braços e nos deixamos ser levado. Mas Deus, com todo o seu amor e sua misericórdia nos puxa com uma corda carregada de amor chamada de perdão. E nos puxa novamente para perto dele.

Fabio agradeceu pelas poucos e significantes palavras. Ele olhou pra mim e pediu oração. Pediu para que eu orasse por ele. Brincou dizendo que eu tenho cara de pastor. Fabio Junior colocou uma mão para traz, outra em seu coração, baixou a cabeça e fechando os olhos concordou com a oração que fiz para ele.

Tenho certeza que nesta noite o Fábio Junior dormiu de uma forma diferente, lembrando que para Deus, ele tem um imenso e grandioso valor.

7 comentários:

  1. É muito bom passar por aqui sempre.
    Fui abençoada com o texto, com suas palavras... Pude sentir a corda do amor me puxar...
    Passei pq ouvi um barulho no momento em que eu insistia em dormir.
    Deus o abençoe.

  1. Que bom Dani!
    Glória a Deus pela sua vida!
    Sempre será bem vinda aqui no blog!

  1. Matheus says:

    Hey primo, que Deus sempre o abençoe nesta caminhada de duras guerras cotidianas!
    Obrigado pelo exemplo e palavras de fé que você tem demonstrado para toda nossa família!

    continue sendo instrumento de Deus na vida de muitos!
    Amém xD

  1. Valew Primow, fica na paz mano!
    Jesus é o nosso Caminho
    Abraço!!!

  1. Anônimo says:

    Me abençoou bastante este testemunho!
    Que Deus continua abençoando sua vida da mesma forma que vc tem abençoados a das pessoas!!!

  1. Floresia says:

    Que benção Daniel, que o Senhor continue abençoando a casa esperança sempre e sempre..e frutificando o trabalho missionário.

    Andressa

  1. Muito obrigado por compartilhar do agir de Deus em sua vida!!!!